O amor à verdade

01/03/2020

Por Pe. Frei Marcelo Aquino, O. Carm

A vida espiritual é algo muito importante no seguimento de Nosso Senhor é preciso ter contato com Deus não apenas pela boca, mas também e muito mais pelo coração, isto não significa que agora não precisamos mais rezar em voz alta, mas que o nosso íntimo esteja cheio de Deus, pois só assim vamos transmitir Deus aos irmãos, como dizia um ditado popular, a boca fala do que o coração está cheio.

A busca do progresso espiritual passa necessariamente pelo amor a verdade, pois a verdade é Nosso Senhor Jesus Cristo, sendo assim a vida espiritual será cada vez mais frutífera na medida em que nosso amor à verdade for maior. Mas para ter amor a verdade é preciso se esvaziar de si, e ao esvaziar-se a pessoa vai ter uns desafios a seguir, por exemplo, um fiel comprometido com a verdade ele deve está ciente de que vai perder amizades, pois, ele vai apregoar coisas que as pessoas não querem ouvir, pois infelizmente a grande maioria das pessoas está mal acostumada com o afago ao seu ego, e assim, quando aparece um João Batista, então eles dizem ele é duro demais, ele não tem amor no coração, porém quem se decide por Deus deve ter consciência de que isso é consequência de sua adesão a Deus.

A vida de oração pessoal, no entanto, serve de estímulo à luta espiritual que travamos com este mundo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra o espirito do mal, portanto, não descansemos nunca de rezar e pedir as forças do alto para progredirmos na nossa missão árdua em salvar almas, encaminha-las para o Coração de Jesus.

Buscando Deus na oração, seremos capazes de ajudar muita gente com um simples conselho, às vezes você pode achar que não teve nenhum fruto aquele conselho que você deu àquela pessoa que estava precisando, e que te procurou, mas você não sabe o desenvolvimento daquilo na vida da pessoa, pode ser que depois ela venha te agradecer, não que devemos esperar agradecimento, lembrando sempre que trabalhamos para Deus não para os homens.


Por isso é urgente que trabalhemos pelo crescimento espiritual de todos os fiéis, eles não devem estacionar no caminho espiritual, eles devem sempre subir um degrau na vida espiritual, porém a vida cristã católica será sempre uma luta, devemos querer ser soldados destemidos na batalha de Deus contra o mal.

O amor à verdade é a mola propulsora que nos impulsiona para Deus, e nos dá forças para não desistir da batalha. É nossa obrigação lutar contra as forças do satanás, depois da nossa luta será a vez do príncipe da milícia celeste, São Miguel Arcanjo, mas enquanto não chegou a hora dele, sejamos nós soldados de Cristo, defendendo os ideais de Deus, a vida e a família.

Não desanimemos nunca em buscar uma vida espiritual mais autêntica, é o mínimo que podemos oferecer a Deus pelo muito que Ele fez por nós, nos dando o seu Filho que se fez nosso irmão, nos acrescentou muito na vida espiritual o direito nos dado por Nosso Senhor Jesus Cristo, poder chamar a Deus de Pai.

Peçamos ao Espírito Santo que faça a nossa vida uma entrega a Deus de tal forma que nós não tenhamos outra vontade que não seja a de progredir na vida espiritual, buscando expurgar de nossas almas a mancha do pecado, nós não sabemos como rezar é o Espírito que vem ao nosso auxílio. (Romanos 8,26).

À medida que a verdade de Deus encontra lugar em nossa vida, o caminho para o incremento espiritual está aberto em nossa alma, busquemos na gloriosa intercessão de nossa Senhora a graça de poder agradar a Deus com nossa vida e nosso amor a Ele tributado.

A virgem que sabe ouvir nos ajudará a ouvir os apelos de Deus na nossa oração pessoal numa constante intimidade com o Bem Amado, o Senhor da nossa vida, a quem devemos devotar nossa vida e adoração, Nosso Senhor Jesus Cristo!