A defesa à Santíssima Eucaristia

04/03/2020

Por Pe. Frei Marcelo Aquino, O.Carm

Ultimamente estamos vendo acontecer vários tipos de profanação nas igrejas católicas, especialmente contra o Santíssimo Sacramento e as imagens da Beatíssima Virgem Maria, em partes, podemos dizer que nós católicos temos culpa nisso, por vários motivos, vou elencar alguns. Primeiro não estamos dando o devido testemunho a respeito da Santíssima Eucaristia, muitas vezes se comunga com muitos anos sem confessar-se, depois se pega o Santíssimo Sacramento de qualquer jeito, dando a entender que as pessoas não sabem o que vem a ser aquele pão sagrado.

A defesa à santíssima Eucaristia não se dá com lutas e cruzadas, mas com a demonstração de amor ao Santíssimo Corpo de Cristo, Nosso Senhor é ultrajado pelos próprios "católicos" que não prestam quase nenhuma reverencia ao comungar.

As mulheres que se dizem devotas de Nossa Senhora, não demonstram isso com a vida, em raras exceções, mas se vestem como uma mulher qualquer e com essas roupas vão à Igreja e tomam parte no sacrifício de Nosso Senhor, veja bem, não se trata aqui de moralismo, como normalmente podemos ser acusados, mas da busca da modéstia, para nos assemelhar a Maria Santíssima, modelo de modéstia na Igreja.

Não se pode conceber um devoto da Santíssima Virgem, vivendo como se não a conhecessem, e muito menos um devoto da mãe de Deus relutar contra os atos de piedade a Jesus no Santíssimo Sacramento. Ou somos devotos da virgem Maria e buscamos imitar suas virtudes, ou não somos, pois ser devoto de um santo é o fato de levarmos em nossas carteiras e nossas bolsas a estampa da sua imagem, ou termos em casa sua imagem, mas ser devoto de um santo é antes de tudo imitar sua vida de santidade.

É de clamar aos céus um "fiel" achar que tem direito de receber a Eucaristia de qualquer jeito, pois, essa conduta só reforça aos inimigos da Igreja a tese de que a Santíssima Eucaristia não é Jesus, mas apenas um pedaço de pão. Ao agirmos desta forma estamos oferecendo um desserviço a Igreja, e atraímos os inimigos da salvação para promover profanações ao Santíssimo Sacramento e as sagradas imagens de Nossa Senhora e dos santos.

Será que nós nos importamos com o sacrilégio cometido contra o Santíssimo Sacramento promovido pela seita universal? Será que nos indignamos com a profanação feita contra partículas em uma exposição em Porto Alegre? Isso deve nos levar a pensar onde estão nossos sentimentos de amor e veneração as coisas sagradas da nossa fé.

Por isso, é urgente que nós católicos busquemos instruir nossos irmãos na fé, para que eles tomem conhecimento e mais que conhecimento, eles tomem consciência dos atos de impiedade que vem praticando, sobretudo na participação da santa Missa.

O amor a Deus será maior em nossas vidas a partir momento que redescobrirmos o altíssimo valor do Santíssimo Sacramento, caso contrário estaremos na Igreja como se fôssemos protestantes, pois é assim que eles veem a eucaristia. A nossa missão é árdua, precisamos reposicionar o lugar de Deus na nossa vida.

Busquem, no entanto, demonstrar o máximo possível à verdadeira postura que os fiéis devem ter na santa Missa, profundo silêncio e concentração, eliminar as palmas e o levantar de braços, pois a santa Missa, não é um show, mas lugar de sacrifício e recolhimento.

Na medida em que nós formos nos reeducando na fé, vamos afastar os maus costumes que em nada contribuem para a nossa vida espiritual, nossa relação íntima com Deus, agindo assim vamos alcançar o gozo do céu que nos vem pela participação na santa Missa e que Deus nos quer distribuir com largueza.

Recorramos a salutar reza do Rosário, oração predileta de Nossa Senhora, para poder vencer essa guerra contra o satanás que tem promovido repetida profanações ao Santíssimo Sacramento e as sagradas imagens. Não devemos nos preocupar com a demonstração de amor a Deus por meio de palavras, lembremos que um gesto fala mais que mil palavras, e rezemos pelos sacerdotes que não tem piedade com a Santíssima Eucaristia.

A luta contra o poder das trevas não vai começar, já começou, portanto, nos preparemos para lutar contra o mal, pois Deus conta com nosso empenho e amor para estabelecermos no mundo o amor a Deus e o triunfo do Imaculado Coração de Maria Santíssima, ela que pisa na cabeça da serpente, nos espera na defesa dos valores cristãos católicos.

Ninguém se sinta desanimado, Deus e Nossa Senhora estão ao nosso lado, e se Deus é por nós quem será contra nós? (Romanos, 8, 31-39). Avante com a Bem Aventurada Virgem Maria, ela que avança como a aurora, terrível como um exército em campo de batalha.

Apoiemo-nos em Deus para conseguirmos realizar nosso intento em defesa da fé e da verdade.